segunda-feira, 23 de agosto de 2010

LOMO para todos!


Sabia que a LOMO agora tem loja no Rio de Janeiro? E melhor ainda, dá pra comprar on line!!! Eu quero... ;)

Lomografia é um fenômeno fotográfico que é produzido por uma câmera automática, de alta sensibilidade, capaz de registrar cor e movimento sem necessidade de flash e sem deformação. O processo consiste no recebimento contínuo de luz que é feito através do sistema de exposição automático, que chega a durar 30 segundos. (fonte: wikipedia)

Dez regras da Lomografia:

1. Leve sua Lomo sempre com você.
2. Use quando quiser – dia ou noite.
3. A Lomografia não interfere na sua vida, faz parte dela.
4. Fotografe sem olha no visor.
5. Aproxime-se o máximo possível do objeto lomográfico desejado.
6. Não pense.
7. Seja rápido.
8. Você não precisa saber antecipadamente o que fotografou.
9. Nem depois.
10. Não se preocupe com as regras.

Desabafo!

Que os avanços tecnológicos trouxeram uma enorme democratização na fotografia, todo mundo já sabe. A parte ruim disso são os excessos: Pensa-se cada vez menos antes de tirar uma foto. Não acaba o filme, não precisa revelar. Legal, mas vamos além de apertar o botão, gente!

Ao fazer uma viagem, por exemplo, muitos se esquecem de reparar nas texturas, nas cores, no cheiro do novo lugar. A preocupação maior parece ser divulgar uma imagem no Facebook. “Olha, eu estive lá!” Nada contra, mas que pressa é essa? Olhe em volta, respire. Procure saber mais sobre a história, sobre as pessoas que vivem nesse lugar. Isso com certeza vai ajudar a fazer imagens mais ricas.

Outro exemplo: Nesse final de semana levei minha filha para assistir o Festival Internacional de Bonecos que aconteceu na Funarte. Assistimos “El Truco de Olej”, de um grupo do Uruguai. Maravilhosos bonecos feitos de um material brilhoso (parecia neon) surgiam do escuro feito mágica e flutuavam no palco. A parte sem noção: antes de começar o espetáculo, um cara precisa pedir para as pessoas não tirarem fotos com flash para não atrapalhar nem comprometer a qualidade da peça. Adivinha? A apresentação mal começa e a platéia inteira é um mar de pessoas com celulares e câmeras compactas em punho. Coisa chata! O cara não acabou de pedir, gente? Muita falta de educação... Não seria melhor se deixar levar pela magia do momento? Desabafo feito.. :(Ufa.. E tenho dito! :P Humpf!

Algumas poucas dicas pra controlar a vontade de apertar o botão antes de pensar:

1. Tenha bom senso: Está num lugar onde a foto é proibida? Obedeça.
2. Seja educado: Não incomode as outras pessoas nem tire foto dos outros sem autorização. Isso pode acabar em processo.
3. Saiba aproveitar um momento: Tirar foto com pressa é necessidade do foto jornalista, você pode ir com calma.
4. Seja criativo: Selecione suas fotos antes de colocar na internet, coloque legendas interessantes, faça diferente!
5. E por último, estude um pouco sobre enquadramento e luz. Tente usar sua câmera no modo manual, se tiver. Explore, descubra novos recursos, vá além. Leia sobre o assunto.

Fotógrafos amadores têm os avanços tecnológicos a seu favor; ótimo! Mas que tenham também o interesse pelo ato fotográfico.